O Inbound Marketing no Funil de Vendas para resultados efetivos

O Inbound Marketing no Funil de Vendas para resultados efetivos

 

RESUMO DA NOTÍCIA – O Inbound Marketing no Funil de Vendas para resultados efetivos:

  • Introdução ao funil de vendas
  • O que é o funil de vendas
  • Montando o funil de vendas
  • Conceito de Inbound Marketing
  • Utilizando o funil do Inbound Marketing

 

Introdução ao Funil de Vendas

Vender é o objetivo de todas as empresas, mas nem sempre é tão fácil convencer o cliente a comprar de você.

A concorrência está cada vez mais acirrada e você precisa ficar à frente de seus concorrentes.

O funil de vendas de marketing digital pode ajudá-lo com isso.

O modelo de funil de vendas permite selecionar as pessoas certas para sua empresa,

otimizar seu processo de vendas e descobrir o motivo da perda de clientes. É importante buscar um sistema CRM que seja integrado com fluxo de nutrição para ajudar no Inbound Marketing.

Mas o que é funil de vendas?  Quais as etapas do funil de vendas? Como criar um funil de vendas?

Confira neste artigo, como transformar o seu funil de vendas em uma máquina de clientes.

 

O que é Funil de Vendas?

Para entender o que é funil de vendas, pense o seguinte: para fazer uma compra,

passamos por um processo inconsciente, antes de tomar a decisão.

Esse processo abrange desde o primeiro contato com o produto, até a finalização do pedido.

No entanto, durante todas essas etapas muitas coisas podem acontecer.

As etapas do funil de vendas nos dão conhecimento de cada fase

e ajuda a compreender o caminho percorrido por seu potencial cliente.

O pipeline de vendas, como também são conhecidas as etapas do funil de vendas, são:

✓ Topo do funil

O lead ainda não tem conhecimento do problema ou oportunidade, elas buscam informações amplas.

Nessa etapa, devemos atrair o maior número possível de visitantes para o site e procurar transformá-los em leads.

Os conteúdos devem despertar a atenção dos leads para sua empresa e educá-los sobre o problema,

para depois focarmos na solução.

Conteúdos bons para esta etapa do funil de vendas seriam infográficos

e artigos de blog sobre benefícios do seu produto, vantagens de investir nele, ou seja,

algo bem menos vendedor e educativo para atrair leads.

✓ Meio do funil

Nessa etapa do funil de vendas, o seu potencial comprador compreende o problema

e sabe que precisa resolvê-lo imediatamente.

Ele busca mais informações sobre o problema.

No entanto, ele ainda não está certo se deve comprar de você ou não.

Aqui você pode ajudá-lo a encontrar todas as soluções possíveis para resolver o problema e apresentar as melhores opções.

Conteúdo rico é muito relevante para essa etapa de funil de vendas, e E-books, Webinars, eventos online

e newsletters são excelentes opções para educar o lead,

fazendo com que ele queira comprar o produto ou serviço que a sua empresa oferece.

Nesta etapa do funil temos que falar exclusivamente do produto ou serviço, não da sua empresa.

✓ Fundo do funil

Agora chegou a hora de convencer o lead a comprar de você.

Como você tem gerado conteúdo em todas as etapas acima, o lead já o encara como autoridade no assunto.

Basta mostrar a ele os diferenciais de sua empresa. O processo termina com o fechamento do pedido pelo cliente.

Na etapa final do funil de vendas você deve mostrar o quão boa sua empresa é.

Investir em Cases, pesquisas de mercado, planilhas e tabelas de preço são opções extremamente relevantes

e importantes para ajudar o lead na tomada de decisão.

 

Montando o seu funil de vendas

Agora que você já sabe o que é funil de vendas e o conceito de funil de vendas, veja abaixo como montar o seu e vender mais.

1. Conheça a jornada de compra

Toda empresa deve ter sua própria jornada de compra mapeada,

pois essas etapas do funil de vendas variam de acordo com seu negócio, produto ou serviço.

Por isso, o primeiro passo é conhecer o caminho percorrido por seus potenciais compradores até fecharem o pedido.

2. Gere conteúdo de qualidade para cada etapa

Mapeou as etapas? Ótimo! Agora, vamos gerar conteúdo para cada uma delas.

O marketing de conteúdo vai acompanhar seus leads durante todo o funil de vendas

e garantir que eles se tornem clientes no final do processo.

Mapeie as dúvidas mais comuns de cada etapa do funil de vendas

e crie conteúdos para ajudar a resolvê-las.

3. Crie oportunidades

A única forma de garantir que o seu funil de vendas gere conversões para sua empresa é abrir oportunidades.

Todos os seus conteúdos devem levar o lead para a próxima fase do funil e oferecer chances para ele comprar de você.

Não fornecer possibilidades de compra no decorrer do caminho é um desperdício de tempo e dinheiro.

Logo, permita que seus leads comprem de você quando estiverem preparados.

4. Mensure e otimize o seu funil

A mensuração e otimização do funil de vendas devem ser consistentes.

Capture os dados de cada uma das etapas do funil de vendas, avalie os abandonos da jornada,

conheça a taxa de conversão geral e procure melhorar todo o processo. Mudar a forma de abordagem do lead

e investir em novos formatos de conteúdo são algumas formas de melhorar o seu processo de vendas. Experimente!

 

Conceito de Inbound Marketing no funil de vendas

Inbound marketing é bastante diferente do marketing tradicional (ou “outbound marketing”) por um principal motivo:

enquanto no marketing convencional no qual a empresa, por meio de anúncios e promoções,

que vai em busca do consumidor, no Inbound Marketing ocorre justamente o contrário,

ou seja, é o consumidor que vai em busca da empresa.

Essa particularidade do Inbound marketing parece, à primeira vista, bastante simples.

Mas quando se reflete com mais calma sobre ela, percebe-se que na prática as coisas são mais complicadas.

Afinal, como fazer com que um cliente em potencial vá, por si só, até a empresa?

 

Utilizando o funil do Inbound Marketing

A metodologia Inbound Marketing

A premissa básica desta forma de marketing é que o cliente deve passar de desconhecido à cliente divulgador da marca.

Para tanto, são necessárias quatro etapas, cada uma com ações e ferramentas específicas.

Essas etapas correspondem juntas ao funil do Inbound marketing.

São elas:

  • 1. Atrair: o objetivo desta primeira etapa (ou topo de funil) é fazer com que o usuário passe de desconhecido a visitante, ou seja, que ele (a) tome consciência da marca. Para tanto, são utilizados recursos como o blog – o conteúdo é parte fundamental de qualquer estratégia do Inbound marketing -; redes sociais; e palavras-chave em mecanismos de busca;
  • 2. Converter: o próximo passo é transformar o novo visitante em lead. Mas o que é um lead? Um lead pode ser definido, de maneira bastante simples, como um cliente em potencial que a empresa tem os dados de contatos, ou seja, um lead é um possível contato comercial da marca.
    Nesta tarefa de conversão em lead, são empregadas ferramentas como os formulários; os botões call-to-actions (CTA, botões como mensagens como “adquira o seu”, “clique e descubra”, etc.); e as landing pages, páginas web que tem como principal objetivo a conversão como, por exemplo, oferecendo um e-book em troca do preenchimento dos campos de um formulário. Geralmente, estes três elementos são utilizados em conjunto;
  • 3. Relacionar: aqui o lead se transforma em um cliente de fato – daí o nome da etapa, já que ele “fecha” um negócio. Aqui é a parte mais estreita do funil, e para que ela se concretize são empregados workflows, signals e e-mail;
  • 4. Fidelizar: conquistar o cliente não implica no final do processo, afinal para onde vai tudo o que passou pelo funil? Por isso o pós-compra é tão importante, pois nele você tem a chance única de encantar seu cliente e deixá-lo fiel a sua marca. Conteúdo personalizados e eventos são exemplos de estratégias que podem ser utilizadas.

Colocando de outra forma, podemos dizer que o funil do Inbound marketing consiste em se aproveitar

de um campo temático de interesse, instruir as pessoas interessadas sobre o campo temático através

de conteúdo de qualidade para, assim, mostrar que elas possuem um desejo/necessidade e sua empresa tem a solução.

E este desejo é identificado a partir do (re)conhecimento que você possui delas devido à geração de lead.

Portanto, a estratégia de Inbound marketing é bastante sólida,

permitindo a criação de estratégias pontuais sem nunca

perder de vista o objetivo maior, que é conquistar mais clientes,

tarefa que se torna muito mais fácil

quando se tem controle total sobre todas as etapas do processo

e quando se toma os usuários individualmente.

 

O Inbound Marketing no Funil de Vendas
Funil do Inbound Marketing

 

Seguir esse processo, sem dúvida, vai ajudá-lo a gerar mais vendas para o seu negócio.

Agora que você já entendeu como fazer funil de vendas e suas etapas,

aplique essas dicas em sua empresa e veja os resultados por si mesmo.

Em seguida, deixe o seu comentário abaixo! Para estratégias de Inbound Marketing e funil de vendas,

conte coma Agência Nova.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.